escola_enfermagem_coimbra

Enquadramento

A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) é uma instituição pública de referência, tanto a nível nacional como internacional, pelos contributos demonstrados na área da enfermagem. A Escola é herdeira da mais antiga formação em enfermagem em Portugal, intervindo de forma ativa e reconhecida na sociedade em geral e no sistema nacional de saúde em particular.  Ministrando um ensino de saúde de referência a nível nacional e internacional, é natural que o campo de ação da Escola se estenda além-fronteiras e as necessidades sentidas se manifestem também à escala global. O recurso a serviços linguísticos, nomeadamente a traduções, é, por isso, inevitável.

 

Desafio

A ESEnfC contactou a SMARTIDIOM a fim de solicitar a tradução de cerca de 152 000 palavras, de português de Portugal para inglês britânico, para efeitos concursais. A ESEnfC decidiu delegar a tradução da sua documentação à SMARTIDIOM, justificando a sua escolha com a confiança depositada na equipa e no método de trabalho da empresa, já comprovados em projetos anteriores. O projeto representou um verdadeiro desafio para a SMARTIDIOM: exigente do princípio ao fim, sendo que a exigência não se ficou apenas pelo idioma de apresentação. A complexidade temática (Enfermagem), o volume de trabalho e o prazo de entrega (cerca de duas semanas), intensificados por alguns atrasos verificados na preparação dos documentos a traduzir por parte da ESEnfC, foram alguns dos obstáculos a contornar. Por outro lado, o facto de alguns campos de texto incluírem limite de caracteres dificultou ainda mais todo o processo uma vez que a tradução nem sempre pôde fluir como pretendido. Todas estas dificuldades tornaram inviável a tradução apenas por um tradutor e a revisão por um revisor, tal como seria o cenário ideal. Tornou-se evidente que seria necessário dividir o projeto por vários profissionais com vista a cumprir o calendário, mas, ao fazê-lo, seria necessário implementar métodos e processos específicos e rigorosos que evitasse que o resultado final fosse um documento com estilos de redação múltiplos e incoerências de terminologia.

 

Solução

O projeto, pelas características apresentadas, sobretudo em termos de volume e prazo, exigia uma vasta equipa a trabalhar em conjunto, dedicada exclusivamente ao projeto em si. Como referido, era igualmente necessário garantir a consistência do trabalho final. Face à complexidade do projeto, impunha-se a definição de uma estratégia rápida e eficaz que não implicasse desperdiçar o pouco (e valioso!) tempo de que a SMARTIDIOM dispunha para a conclusão do projeto. Numa fase inicial, os ficheiros de tradução foram distribuídos por vários profissionais qualificados, testados e nativos na língua de chegada dos documentos. À medida que os ficheiros foram sendo traduzidos, em pequenos lotes, estes foram enviados diretamente para revisão. Desta forma, o trabalho de tradução e revisão foi feito em simultâneo, numa base constante, exigindo uma equipa de gestão de projetos interna dedicada, também ela a trabalhar em permanência. A auxiliar o trabalho da equipa, foi criada uma memória de tradução, atualizada e distribuída por todos os intervenientes, enquanto o projeto ia avançando. Da mesma forma, os termos mais recorrentes foram introduzidos numa base terminológica, progressivamente atualizada e ininterruptamente acessível. Assim, à medida que a base de trabalho foi sendo desenvolvida, o número de inconsistências encontradas na fase de verificação da qualidade final foi diminuindo. Para a consistência do projeto muito contribuiu também o trabalho do revisor. Este tinha a seu cargo a responsabilidade de rever, sempre com base na memória de tradução (Translation Memory, TM) e na base de dados terminológica (Terminology Database, TD) atualizadas, tudo como um projeto no seu todo, ao invés de conteúdos isolados. Por último, o projeto passou por uma fase de Controlo de Qualidade, reforçando assim a consistência final dos ficheiros. Da mesma forma que os ficheiros foram recebidos para tradução e distribuídos de forma faseada, a entrega final ao cliente foi igualmente faseada, em resposta às necessidades do cliente.

 

Resultados

Apesar de o projeto ter tanto de volumoso como de exigente ao nível dos prazos apertados, a SMARTIDIOM conseguiu apresentar o trabalho solicitado dentro dos limites temporais a que o cliente estava obrigado. A qualidade e a consistência mereceram atenção redobrada e, como tal, todos os ficheiros foram submetidos a três fases distintas: tradução, revisão e controlo de qualidade. A comunicação foi fundamental para o bom desenvolvimento do projeto, fosse a comunicação mantida com a equipa de tradução e revisão, fosse a comunicação mantida com o cliente, para que todos as necessidades fossem devidamente preenchidas. Mais do que os valores individuais, destacaram-se os valores coletivos que movem a SMARTIDIOM.

 

Sobre a SMARTIDIOM

Fundada em 2012, a SMARTIDIOM disponibiliza serviços multilingues inovadores, ajudando organizações e marcas à escala global a crescerem e a alcançarem o sucesso internacional. As nossas soluções incluem tradução técnica, redação técnica, localização de websites e software, testes de software e hardware, copywriting, transcriação (tradução criativa para marketing e publicidade), legendagem, interpretação, locução e transcrição de áudio/vídeo. Com presença ativa em 25 países, a SMARTIDIOM trabalha em parceria com clientes de uma grande variedade de setores, incluindo Marketing e publicidade, TI e software, Telecomunicações, Construção, Energia e ambiente.