Ter um blogue apelativo não passa, somente, por trabalhar o aspeto visual. Para além do design, há que cuidar dos conteúdos escritos, da organização do blogue e da própria estratégia de comunicação. Neste artigo, destacamos alguns aspetos que o ajudarão a tornar o seu blogue mais atrativo para os visitantes.

 

– 1 –

Apresentar um bom template

Template, termo em inglês, utiliza-se para designar um modelo que engloba uma estrutura, um design e a programação necessária para poder construir um blogue sem qualquer conhecimento informático. Existem modelos para todos os gostos, pagos e gratuitos, pelo que não tem motivos para manter algo desatualizado ou desinteressante!

Um template atrativo é fundamental para que o utilizador se sinta bem ao entrar pela primeira vez num blogue, incentivando-o a explorar os conteúdos. Ainda que “atrativo” seja um conceito relativo, em caso de dúvida é preferível optar por modelos mais sóbrios e minimalistas, que não comprometem.

 

– 2 –

Trabalhar o layout

Escolhido o template, segue-se a criação ou o aperfeiçoamento do layout, que diz respeito ao “esqueleto” do blogue: cabeçalho, separadores, cores predominantes, tipo e tamanho da fonte, etc. Esta fase poderá ser mais demorada, mas é crucial para tornar o blogue mais intuitivo e organizado, melhorando a experiência do utilizador e aumentando o tempo de visita.

Procure manter as informações bem divididas, por temas, tirando partido dos recursos oferecidos pelo alojamento. Na hora de escolher as cores e os tipos de letra, lembre-se de que os aspetos visuais devem refletir a identidade da marca/do projeto em questão.

 

– 3 –

Utilizar imagens

As imagens são uma forma de complementar o artigo e aliviar a mancha de texto. Ajudam o leitor a compreender melhor o assunto explorado no artigo, tornam o blogue mais atrativo visualmente e permitem a realização de pausas – o mundo digital está cheio de estímulos, das notificações à publicidade, pelo que o leitor irá agradecer se puder consumir o conteúdo faseadamente.

Pequenos blocos de texto intercalados com imagens são, geralmente, uma boa estratégia. Poderá adicionar, ainda, emojis ou GIF, caso o estilo de comunicação do blogue assim o permita.

Se não tiver imagens suas, poderá utilizar imagens livres de créditos/etiquetadas para reutilização. Existem vários bancos de imagens online que disponibilizam material gratuito. No entanto, nem todas as imagens permitem o mesmo tipo de uso, pelo que deverá ler com atenção os detalhes antes de publicar qualquer imagem retirada destes websites. Não se esqueça: é ilegal usar indevidamente conteúdos sobre os quais não detenha direitos.

 

– 4 –

Cuidar do texto

O blogue é um veículo de informação, uma ferramenta para reforçar a marca e não só. No entanto, tais funções não serão cumpridas com sucesso se a expressão escrita for confusa e/ou contiver erros, quer gramaticais quer de coesão.

O texto escrito é a base de um blogue e, por isso, deverá dedicar-lhe especial atenção. O estilo de escrita dependerá da identidade da marca ou de quem escreve, mas será importante definir um guia de estilo, de forma a manter a coerência entre os vários artigos e autores, caso os haja.

Lembre-se de que um texto mal escrito, ou com informações incorretas, terá grandes consequências na perceção da marca junto do público ou, neste caso, dos leitores.

 

– 5 –

Publicar com frequência

Se um leitor visitar várias vezes um blogue sem encontrar novidades, provavelmente desistirá passado algum tempo. Para evitar isto, é importante manter um ritmo de publicação constante, que poderá ser diário, semanal ou mensal.

Atualizar regularmente os conteúdos é um fator de atratividade. No entanto, o material publicado deve ser sempre relevante para o público – caso contrário, este perderá o interesse. Se não tiver nada de pertinente para partilhar, analise bem os prós e contras de criar um artigo “à pressa” vs. adiar uma publicação.

 

– 6 –

Divulgar o blogue

Sem leitores, um blogue é apenas um diário. Se pretender chegar a outras pessoas, terá de divulgar a página e os artigos com terceiros.

No artigo “6 dicas para partilhar com eficácia o conteúdo do blogue“, apresentámos a importância de partilhar este espaço virtual, bem como algumas dicas para aumentar o raio de alcance do mesmo.

 

– 7 –

Ser referenciado

Na esfera virtual, à semelhança do que acontece no mundo real, ser referenciado tem efeitos positivos junto dos outros. Assim, se o seu blogue for mencionado online por uma pessoa influente ou por outro canal digital (blogue, website, rede social, newsletter, entre outros), essa ação aumentará o alcance e melhorará o SEO, subindo o seu ranking.

Como é óbvio, a referência terá de ser positiva. Para obter vantagens nesse sentido, será útil desenvolver uma rede de networking que o ajudará a promover o blogue dentro e fora da internet.