Se é freelancer, conhece melhor do que ninguém os benefícios e as desvantagens de ser o seu próprio patrão. É fantástico poder gerir o tempo e o rumo do negócio à sua maneira. Contudo, trabalhar sozinho traz-lhe muito mais tarefas e responsabilidades – algo que pode ser tão desafiante quanto assustador. Para evitar sufocar entre todos os prazos e tarefas, é importante encontrar o seu próprio balanço. Neste artigo, vamos partilhar seis dicas para ser um freelancer feliz e mentalmente saudável.

 

  1. Encontre o espaço de trabalho ideal

É verdade que pode trabalhar a partir de qualquer lugar. No entanto, se mudar de lugar todos os dias, estará sempre a adaptar-se a um novo ambiente. Isto significa que demorará mais a começar as suas tarefas, quer seja porque necessita de pedir a palavra-passe da internet, quer seja porque precisa de ajustar a luz ou a cadeira. Terá, igualmente, menos controlo no ambiente à sua volta, o que significa que poderá ser incomodado pelo barulho, temperatura, etc.

Encontrar o espaço perfeito e criar uma rotina vai ajudá-lo a focar-se no que realmente importa: o seu trabalho.

 

  1. Lembre-se de que é humano

Não sei se está preparado para esta novidade, mas, caro freelancer, você não é um super-herói! O seu corpo não conseguirá acumular, infinitamente, horas de trabalho sem pausas, refeições incompletas e más noites de sono.

Cuide de si antes que seja demasiado tarde. Programe um alarme para o relembrar de fazer pausas regulares, inspire e expire profundamente, coloque o computador em standby e levante-se da secretária. O seu corpo e a sua mente vão agradecer.

Sugestão de apps para quem trabalha muito tempo sentado.

 

  1. Desative as notificações por um momento

Receber constantemente mensagens e notificações pode ser bastante distrativo. Além do sinal que chama a atenção e faz perder o fio à meada, a possibilidade de se tratar de algo importante não o vai deixar descansar enquanto não parar o que está a fazer para consultar a caixa de entrada.

A verdade é que a maior parte das notificações não são urgentes e apenas vão contribuir para aumentar o stress e a sensação de que está a falhar, à medida que vê a lista de tarefas pendentes aumentar. Estados totalmente evitados, se desativar as notificações por alguns períodos.

Agende tempo para as principais tarefas do dia e não deixe que nada o interrompa. Vai ver que a lista de tarefas vai diminuir bem mais rapidamente.

 

  1. Aprenda a lidar com a rejeição

Deu o seu melhor para alcançar um novo cliente, mas, no final, este escolheu outro fornecedor? Ou trabalhou arduamente num conteúdo, mas o seu cliente não ficou satisfeito e pediu-lhe uma nova revisão? São situações frustrantes, mas comuns, especialmente se trabalha em áreas mais criativas.

Tudo o que tem de fazer para lidar naturalmente com as críticas é assumir uma atitude positiva e humilde. Como? Primeiro, evite tomar o feedback negativo como um ataque pessoal (são comentários ao seu trabalho, não à sua pessoa). Depois, encare as críticas como oportunidades de crescer profissionalmente (por um lado, dão a possibilidade de melhorar o trabalho apresentado; por outro, são uma oportunidade de corresponder às expectativas do cliente e de reforçar a relação que mantém com ele).

 

  1. Socialize

Manter uma vida social ativa ajuda a combater o isolamento e a cuidar da sua saúde mental. Assim, se trabalha sozinho, esta dica é obrigatória.

Saia, encontre-se com os seus pares, junte-se a grupos e escolha atividades que permitam fazê-lo sentir-se bem e esquecer o trabalho.

 

  1. Tire férias

Toda a gente precisa de descansar e os seus clientes não vão desaparecer se estiver fora uma semana. Na verdade, é provável que eles até lhe agradeçam quando regressar de baterias recarregadas e cheio de entusiasmo para voltar ao trabalho.

 

Estudos demonstram que isolamento, solidão, stress, ansiedade e culpa são sentimentos comuns entre freelancers e trabalhadores remotos. Para prevenir estes – e outros problemas sérios como a depressão e o burnout – é essencial desenvolver rotinas saudáveis.
E por aí? O que faz para combater o stress do dia a dia e manter a motivação no trabalho? Partilhe as suas dicas com a nossa rede de freelancers!